Mãe que não podia engravidar adota estilo de vida saudável e tem trigêmeos naturalmente

Tempo estimado de leitura 2 min read

Uma mulher que temia nunca engravidar após sete anos de tentativas deu as boas-vindas a trigêmeos milagrosos concebidos naturalmente. Monique Bertrand, de 38 anos, enfrentou dificuldades para engravidar depois de ter sido diagnosticada com síndrome dos ovários policísticos (SOP).

Para aumentar suas chances de conceber, ela recebeu a orientação médica para adotar um estilo de vida mais saudável, resultando na perda de mais de 30 quilos. Após sete anos de tentativas, Monique e seu parceiro John, de 39 anos, começaram a considerar seriamente a adoção, temendo que “não houvesse esperança”. No entanto, para surpresa deles, Monique engravidou em abril do ano passado. Na oitava semana de gestação, ela ficou ainda mais chocada ao descobrir que estava esperando não apenas um filho, mas três.

No dia 9 de novembro de 2022, ela deu à luz Machó e Lylah, ambos pesando 2 libras e 8 ounces [cerca de 1.100 kg], e Trinity, que nasceu pesando 2 libras e 1 ounces [cerca de 935 gramas], tudo por meio de cesariana. Os três bebês passaram 50 dias na UTI para ganhar peso e, agora, com seis meses, estão em casa. Monique, que é diretora-assistente de educação, compartilhou: “Quando os médicos me disseram que eu não poderia ter filhos, foi devastador. Mas, quando o ultrassonografista disse que eram trigêmeos, eu apenas gritei de confusão e felicidade. Acabei chorando em cima da mesa. Tem sido uma bênção com tantos desafios. Os médicos os chamavam de bebês milagrosos.”

Veja também

Leia também

+ There are no comments

Adicione a sua