Gabriela Medeiros está fazendo história. Estrelando a nova novela das 9 da Globo, Renascer, que estreia na próxima segunda-feira (22), a atriz deu uma entrevista a Marie Claire, na festa de lançamento da trama, realizada na última quarta-feira (17), na qual falou sobre o papel ser a grande oportunidade da sua vida, entregou como foi o processo de preparação e refletiu sobre a representatividade trans no remake do folhetim que foi um grande sucesso nos anos 90.

Ao comentar a importância de fazer essa personagem para a sua carreira e vida pessoal, a artista de 22 anos que está fazendo sua estreia na TV com a novela declarou: “Esse é o principal papel da minha vida, que vai me impulsionar e me mostrar para as pessoas, e a preparação foi com o Jefferson Miranda e com a Moira, que fez toda a construção corporal dessa personagem, e que me fortaleceu muito. Acho que sem eles eu não teria chegado onde eu estou, então isso para mim é importantíssimo”.

Gabriela Medeiros usa experiência pessoal para viver Buba em Renascer

A artista ainda contou que usou os acontecimentos relacionados à sua própria história para compor a personagem. “A Buba nasce da minha poesia, dos meus escritos, dos meus desenhos”, contou.

“A Buba respira das minhas experiências pessoais, então é uma personagem muito potente, muito forte, que está me ensinando e amadurecendo cada vez mais eu, como mulher” – Gabriela Medeiros

“Quando eu peguei o roteiro pela primeira vez, eu falei: ‘Essa personagem vai mudar a minha vida’. E não em um lugar de exposição midiática, mas em um lugar de amadurecimento pessoal que, para mim, é o que mais conta no momento”, admitiu na sequência.

Atriz da Buba em Renascer reflete sobre representatividade trans no remake

Gabriela Medeiros interpreta Buba na novela 'Renascer' — Foto: Estevam Avellar/Globo
Gabriela Medeiros interpreta Buba na novela ‘Renascer’ — Foto: Estevam Avellar/Globo

Mais tarde, Medeiros reiterou: “A Buba chegou para me transformar e revolucionar muita coisa que está precisando”. Falando sobre a representatividade trans e importância de ser escalada para viver essa personagem, a jovem considerou o feito “simbólico”.

“Eu acho que isso resume muita coisa. Estar nesse lugar, ocupar esse espaço é ressignificar toda uma narrativa de muita invisibilidade. E hoje eu estou aqui para mostrar essa visibilidade, assim como a Valéria [Barcellos] agora também na novela das 9 (eu admiro muito ela), então é sobre isso: ressignificar os espaços através da ficção. A ficção revoluciona e é isso que importa para mim no momento.”

Gabriela Medeiros revela conselho que recebeu de Maria Luísa Mendonça

A atriz ainda contou que conversou com Maria Luísa Mendonça, atriz que interpretou Buba na versão original, e revelou o conselho que recebeu da veterana.”É uma pessoa maravilhosa. Foi muito solícita, muito receptiva comigo, e falou para eu ir pelo caminho da doçura. Ela falou: ‘Você é doce. Vá pela doçura’. E a Buba é doce. Ela é poesia. Ela é um mar de sentimentos”, compartilhou.

Gabriela Medeiros está preparada para críticas por papel de Buba

Em relação às possíveis críticas e comentários transfóbicos que está sujeita a receber pelo papel, Medeiros confessou: “Eu estou aberta. Acho que não dá para se acostumar nem com o amor e nem com o ódio. Então, eu vou receber de braços abertos. E não dá para controlar, não está no meu alcance. O que está ao meu alcance é receber o amor. O ódio que vier até mim, posso recebê-lo também e ressignificar”.

Por fim, a artista também comentou a relação que desenvolveu com Rodrigo Simas, que interpreta seu par romântico na trama. “Rodrigo é muito solícito, muito fofo e ele está aberto a me receber de peitos abertos”, elogiou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo