Mona Lisa, exposta no Louvre desde 1797, pode ir embora da França

Tempo estimado de leitura 2 min read

A Justiça francesa examinou um pedido peculiar de restituição da obra mais importante e conhecida do mundo: a Mona Lisa. Pintada pelo italiano Leonardo da Vinci, a obra está em exibição no Museu do Louvre, na França, desde 1797. 

Porém, a International Restitutions solicitou ao Conselho de Estado francês, o mais alto tribunal administrativo do país, que anule a suposta decisão do rei Francisco I de “apropriar-se” da Mona Lisa.

A International Restitutions espera que ‘La Gioconda’, como também é chamada a obra renascentista, seja retirada do acervo do Museu do Louvre. O quadro tem sido alvo de disputas entre França e Itália há anos.

A AFP, Agence France Presse, indica que é altamente improvável que o pedido seja aceito, já que a associação anteriormente fez solicitações semelhantes por obras com menos valor histórico. Todos sem sucesso. 

Mona Lisa

Foto: Reprodução/Instagram @museedulouvre

O interessante é que a associação, cuja sede e equipe diretiva são desconhecidas, afirma agir em nome dos descendentes do herdeiro do pintor.

Além disso, a International Restitutions espera que ‘La Gioconda’, como também é chamada a obra renascentista, seja retirada do acervo do Museu do Louvre. O quadro tem sido alvo de disputas entre França e Itália há anos. A AFP indica que é altamente improvável que o pedido seja aceito, já que a associação anteriormente fez solicitações semelhantes por obras com menos valor histórico, sem sucesso.

Mona Lisa

Foto: Reprodução/Instagram @museedulouvre

Mona Lisa

Foto: Reprodução/Instagram @museedulouvre

Veja também

Leia também

+ There are no comments

Adicione a sua