Botas western, chapéus de cowboy, cintos com fivelas grandes e roupas com franjas. A moda agora é incorporar elementos do agro nas produções . O estilo já fazia parte do guarda-roupa de milhares de brasileiros em estados onde o agronegócio é bastante presente. Mas agora, com Ana Castela e ‘Terra e Paixão’, tem tomado as ruas de outras regiões Brasil afora.

Foi nos rodeios que a moda country tomou forma no país. O estilo, que surgiu nos Estados Unidos na década de 1920, virou então inspiração para muitas pessoas que se identificam com a vida nas fazendas. Com a popularidade dos artistas sertanejos, os chapéus e cinturões se tornaram objetos de ostentação.

“Jeans, botas, chapéu e cinto com fivela são bastante característicos dessa estética. Os sapatos se assemelham muito às botas western, que estão em alta no momento, e são muito ricas em detalhes, materiais e acabamentos. As camisas, geralmente, são jeans ou xadrez e fazem uma dupla perfeita com calça jeans. É um estilo menos sensível às tendências e estações, é muito mais influenciado pelo lifestyle das pessoas”, comenta Patricia Schneid, gerente de estilo da Dafiti.

O agro é pop? Com Ana Castela, pode se dizer que sim. Com números altos nas principais plataformas de streaming, a cantora de 19 anos vem emplacando uma sequências de hits que misturam o sertanejo raiz com batidas de funk ou pop. Dona do bordão “É a boiadeira”, a jovem é quase sempre vista usando chapéus, cintos, botas e muito strass.

O agronegócio também deu as caras em horário nobre da Rede Globo: ‘Terra e Paixão’ é ambientada no Mato Grosso do Sul, um dos principais polos do agro brasileiro. Além disso, o patriarca da família La Selva, Antônio (Tony Ramos), usa vestimentas de couros e camurças como uma forma de demonstrar poder.

O country também ficou em alta com o anúncio do live-action da Barbie. Cenas do filme mostravam os protagonistas, Barbie e Ken (Margot Robbie e Ryan Gosling, respectivamente), trajados de cowboy enquanto visitam o “mundo real”. Mais tarde, Ken também transforma a “Casa dos Sonhos da Barbie” em sua “Mojo Dojo Casa House”, mediante ao seu fascínio por cavalos e obsessão pelo patriarcado. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo